Mudança do clima: uma responsabilidade de todos nós
Dia Mundial do Meio Ambiente
Conheça o PNF - Programa Nacional de Florestas
Atitudes sustentáveis para incluir no dia a dia.

Planeta Unimed Mudança do clima: uma responsabilidade de todos nós

Mudança do clima: uma responsabilidade de todos nós

Educação e conscientização entram em jogo quando falamos sobre fatores climáticos

Intervenções como a elevação do consumo de energia, o trânsito caótico que estimula a liberação de poluentes, as práticas agrícolas inadequadas e o desmatamento afetam diretamente o clima do planeta, gerando seu desequilíbrio que, segundo os cientistas, pode acentuar o aumento da temperatura.

Para frear estas mudanças, diversas ações são colocadas em pauta no Brasil a nível nacional. A principal ação é a Política Nacional sobre Mudanças no Clima (PNMC).

Já o Ministério do Meio Ambiente (MMA) propõe ações para o combate do desmatamento na Amazônia, em outras florestas e atua, ainda, no combate de substâncias que prejudicam a Camada de Ozônio, responsável por proteger o planeta Terra dos raios ultravioletas. O MMA, em aliança com outros órgãos do governo, promove acordos com a comunidade internacional e ao mesmo tempo reforça e estuda projetos voltados para o bem do meio ambiente.

A Conferência das Partes, a COP, da Convenção-Quadro das Nações Unidas, sobre Mudanças no Clima (UNFCCC, sigla em inglês) proporciona encontros anuais com representantes de 195 países, com debates sobre medidas para a governança climática global. Nestes debates já foram tomadas importantes decisões, como por exemplo a implantação do Protocolo de Quioto, ação responsável por determinar metas para países desenvolvidos com relação à emissão de poluentes.

As ações em todo mundo são fundamentais, porém, existem outras ações que possuem o mesmo nível de importância: as ações individuais. Cada pessoa deve despertar sua consciência para a preservação do meio ambiente.

Desde cedo, tanto no âmbito escolar quanto no familiar, atitudes que demonstram a importância do meio ambiente devem ser tomadas. Estimular crianças a plantarem árvores, explicar a contribuição de não jogar o lixo nas ruas e a necessidade da coleta seletiva são exemplos que formam cidadãos conscientes.

Debates sobre as queimadas também são bem-vindos. Estar ciente que este tipo de atitude não apenas proporciona fumaça tóxica, mas que também oferece perigo a moradores, animais e vegetação local, deve ser ressaltado.

A mudança climática global já passou por muitos processos maléficos, mas a conscientização de cada uma pode recuperar diversos prejuízos causados pelo homem. Ainda há tempo.