Crie seu PET de forma sustentável
A poluição do ar e seu impacto na saúde
Aquecimento global na Floresta Amazônica
Meio Ambiente

Planeta Unimed A poluição do ar e seu impacto na saúde

A poluição do ar e seu impacto na saúde

Conheça os gases que atuam na poluição da atmosfera e suas consequências na saúde das pessoas

A poluição do ar tem como uma das principais causas a emissão do gás carbônico, responsável por acentuar o efeito estufa e favorecer o aquecimento global.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), em 2012, morreram no Brasil 26.241 pessoas com doenças relacionadas à poluição atmosférica.

A poluição do ar pode resultar em coceira no nariz, irritação na garganta e ardor nos olhos. O perigo é maior quando a exposição é prolongada à poluição, com consequências como doenças crônicas: enfraquecimento do sistema imunológico, doenças cardiovasculares e pulmonares como câncer de pulmão, asma, bronquite,  rinite, Alzheimer, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC)e Mal de Parkinson.

A origem da poluição atmosférica mais comum é o motor à explosão dos veículos automotores causada pelo monóxido de carbono (CO) que pode causar asfixia.

Não podemos nos esquecer de citar como fontes poluentes as indústrias siderúrgicas e as queimadas de florestas. Quando o carvão mineral é utilizado pelas indústrias como fonte de energia, são liberados produtos tóxicos na atmosfera que podem causar distúrbios como bronquite e asma.

O ambiente também é prejudicado por meio de um fenômeno denominado chuva ácida.

Existem maneiras de diminuir a poluição atmosférica, como:
• Indústrias utilizarem instalações de filtragem e de tratamento de gases e vapores expelidos e que empregam o monitoramento e controle realizados por equipamentos para garantir a qualidade do ar.
• A redução de combustíveis fósseis para abastecimento de veículos, deixando o carro em casa e apoiando a carona coletiva, o uso de transporte público e de bicicletas.

Faça a sua parte. Preserve o planeta com medidas relacionadas à conscientização ambiental.